Seminovos: 3 erros para você não cometer na compra

Seminovos: 3 erros para você não cometer na compra

Ao comprar seminovos, a maioria das pessoas sente certa insegurança. São muitos detalhes para conferir: documentos, estado de conservação, condições de pagamento… Soma-se a isso ainda que há muitas pessoas desonestas, tentando vender carros roubados e com problemas maquiados.

Mas calma. Com algumas medidas simples, você pode evitar boa parte dos problemas mais comuns com seminovos. Siga estas dicas para comprar tranquilo:

Seminovos sem documentação, problema certeiro

Antes mesmo de verificar as condições do carro, você precisa se certificar se o veículo poderia mesmo ser vendido e se pode legalmente estar na rua. Sempre exija que o vendedor mostre o documento do carro, devidamente atualizado. Confira se o número do chassi bate com a marcação no interior do veículo.

Sem o documento, não adianta nem seguir com a negociação, já que o carro não será legalmente seu. Se o número do chassi estiver diferente, ou pior ainda, se o carro não possuir a marcação de chassi legível, também encerre a conversa. Sinal que o carro é roubado ou contrabandeado. Faça uma consulta Carcheck e verifique. Ele informa se há algum impedimento ou alerta para que a compra seja feita com segurança.

Desconfie de preços muito baixos

Claro que na hora de realizar uma compra, iremos procurar o melhor preço. Ainda antes bater o martelo, devemos tentar negociar com o vendedor. Para isto, confira o valor médio do veículo que lhe interessa na tabela Fipe. Mesmo modelos que há muito saíram de linha estão disponíveis para consulta.

Sabendo qual é o valor médio do carro que você deseja, será possível perceber quando um valor está muito fora do comum. Acredite, ninguém vende um carro muito abaixo do preço sem motivo. Muitas vezes estes carros possuem dívidas de financiamentos, multas ou mesmo são produto de roubo e contrabando.

O Carcheck te ajuda a pagar um preço justo no veículo. Com nossas informações você tem acesso ao Sistema Nacional de Gravame (SNG) e pode verificar se há alguma pendencia de financiamento. Também é possível verificar o preço da tabela Fipe e médias de mercado.

Antes de comprar, faça uma vistoria

Se você está comprando o carro de um desconhecido ou de uma loja que não possui referências, este passo é ainda mais importante. Há diversas empresas especializadas em vistorias cautelares para certificar a qualidade do veículo.

Mesmo que você possua alguma experiência com carros e seja capaz de perceber problemas na lataria e pintura, existem certos indicadores que podem te passar despercebidos. Um profissional poderá avaliar se existem problemas mecânicos ou sinais que ele foi mal cuidado e lhe trará dores de cabeça em breve.

Ficou ainda alguma dúvida? Conhece alguma outra dica? Aproveite os comentários abaixo para falar com a gente!

Autor

O Carcheck proporciona uma negociação mais segura na compra do veículo usado. Antes de fechar negócio, é possível analisar indicadores de segurança, informações de seguradoras, além das condições atuais e rodagem junto aos órgãos competentes. Com a consulta, você também se previne de problemas como débitos em financiamentos, além de eventuais irregularidades que possam existir no veículo consultado.

Posts Relacionados

Nenhum post foi encontrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *