Vai fazer um test-drive?

Vai fazer um test-drive?

Você já deve estar careca de saber o quanto é importante e essencial fazer o test drive em um carro antes de adquiri-lo, certo? Afinal, o test drive é direito de todo o consumidor, e é uma forma de assegurar a qualidade do produto antes de fechar um negócio.
Mas se você acha que é só sair por aí com o veículo para “sentir” o carro, saiba que você está enganado. Há muito mais coisas com o qual você deve se preocupar – mais até do que você imagina. Leia o guia que preparamos para que você não deixe nada passar batido na hora de fazer o test drive no veículo que pretende adquirir.

Atenção ao motor

Assim que você ligar o carro, preste atenção no barulho do motor e na rapidez com que carro dá a partida. Veja se ele não demora para “esquentar” e, principalmente, confira se o carro está de acordo com as suas necessidades. Você mora em uma região com muitas ladeiras? Será que um motor 1.0 vai aguentar o tranco? O seu carro não fará longas viagens, então será que é realmente necessário um motor 2.6, por exemplo? Faça essas perguntas e verifique se o motor do veículo está mesmo de acordo com as suas necessidades, e o principal: se está dentro das suas expectativas.

Faça um teste que simule o seu dia a dia

Dar uma voltinha pelo quarteirão não é fazer test-drive. O mais correto é que você leve o carro para onde você costuma passar com ele diariamente: perto da sua casa e do seu trabalho, por exemplo. Desta forma, é possível simular o trajeto que o veículo fará com maior frequência. Para que você consiga fazer isso, converse com o vendedor da concessionária primeiro e combine esse tipo de trajeto. Mostre-se interessado pelo carro e diga que um test-drive bem feito é um dos itens que você considera essencial para a sua tomada de decisão.

Não ligue o rádio

Nada de curtir um som ao dirigir com o seu possível novo carro. Afinal, a música pode camuflar ruídos do veículo que são extremamente importantes na hora de atestar sua qualidade. Outra dica importante é não conversar durante o trajeto. Tente se concentrar apenas no veículo e utilize o test-drive para fazer uma avaliação sábia e criteriosa.

Você se sente confortável?

O modo como você se sente dentro do carro é de suma importância. É normal estranhar um pouco o novo carro, principalmente quando você está acostumado com um outro modelo. Porém, o mais importante é que esse estranhamento não seja ruim. Todo mundo que dirige um carro diferente do que está acostumado leva um tempinho para se adaptar, isso é normal. Por isso, tenha a certeza de que você se sente bem dirigindo aquele veículo, se não acha que ele é pesado ou que os comandos dele são lentos.

Faça o teste em locais fechados

Pode ser, inclusive, a garagem do seu prédio! Com este teste é possível avaliar duas questões: a primeira é em relação aos ruídos, que em um ambiente fechado ganham mais destaque e, por isso, são mais facilmente identificados. O outro ponto a ser observado é em relação ao tamanho do veículo. É bom atentar-se se sua garagem o comporta ou se será fácil encontrar locais para estacioná-lo mesmo quando na rua.

Siga as nossas dicas e faça um bom test-drive! Ele será um excelente auxílio para uma transação benéfica.

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *