O que é a tabela FIPE?

O que é a tabela FIPE?

Para realizar uma negociação segura, fazer valer o investimento ou ter a certeza de fechar uma boa venda sem qualquer problema ou complicação, uma ideia válida é utilizar a tabela FIPE como base. Muitas pessoas não têm noção de preço e encontram um problema na hora de atribuir um valor de venda ao seu carro, moto ou caminhão. Isso é extremamente normal e por isso a tabela é uma referência que vale a pena levar em consideração. O cotidiano dos vendedores de carros já abraçou esse recurso que é frequentemente usado como argumento de transação.

O que é a tabela Fipe

A sigla FIPE, que serve para Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, representa uma entidade pública sem fins lucrativos que realiza uma série de pesquisas econômicas desde a década de 70. Cada moto, carro ou caminhão comercializado no Brasil possui um código FIPE referente à determinada marca, modelo e ano.

Mas, na prática, para que serve essa tabela afinal?

É com base no código FIPE que são feitas as comparações de preços dos veículos. Através dela você se informa prontamente sobre o preço médio do automotor escolhido, tornando esse recurso uma maneira prática de descartar valores demasiadamente baixos ou preços altos demais. Na página da Fundação, o objetivo da tabela é descrito como uma base de cálculo para o IPVA, podendo ainda ser usada em contratos. Outro ponto interessante é que algumas seguradoras usam a FIPE como base para a determinação do automóvel segurado.

Entretanto vale ressaltar que embora a tabela seja uma forte referência no mercado nacional, na hora de comercializar o carro, você deve ainda observar variáveis como a quantidade de km rodados, modificações feitas no veículo ou até mesmo o estado de conservação da máquina. Pesquise os preços praticados no mercado. O ideal é partir da tabela para ter uma base sem deixar de usar a variação percentual média de sua região como critério, pois os preços de carros usados importados, por exemplo, podem oscilar consideravelmente de uma região para outra. A tabela continua a ser uma boa base, é só ficar atento a essa variação percentual vigente no seu estado e levar em consideração o aumento do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado).

Como consultar a tabela FIPE

Já deu uma olhada no site da FIPE? É bastante simples fazer a consulta, uma vez que não é necessário qualquer número de registro do veículo ou código RENAVAM. Você precisa apenas informar o mês e o ano da tabela de referência e, então, selecionar entre as opções de marca, modelo e ano.

Aproveite para pesquisar os veículos por categorias, modelos compatíveis, nome do fabricante, fazer comparações entre modelos e esclarecer outras dúvidas. Para reforçar a pesquisa, consultar um classificado de veículos para checar se o modelo está valorizado ou em baixa pode ser uma boa ideia.

Ao realizar a pesquisa, observe que não é obrigatório informar o código da FIPE. Porém, mesmo que seja possível fazer a consulta deixando o campo em branco, procure guardar o código para facilitar sua próxima busca. O serviço é gratuito!

Você já utiliza a tabela FIPE como base para a compra e venda de veículos usados? Tem alguma dúvida sobre a consulta na tabela? Compartilhe conosco através dos comentários. Podemos ajudá-lo!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *