Como funciona um leilão de carros apreendidos pelo Detran

Como funciona um leilão de carros apreendidos pelo Detran

Pelo menos uma vez ao ano acontece uma modalidade de venda muito conveniente para quem deseja adquirir um veículo usado, sem gastar muito: o leilão de carros apreendidos. Essa alienação de automóveis é organizada pelos postos regionais do DETRAN, em dias e horários previamente agendados e recebe razoável publicidade, tanto em jornais e rádio quanto na Internet.

O que é e por que ocorre o leilão de carros apreendidos

O leilão é um recurso muito importante e necessário utilizado pelo DETRAN, pois todos os anos a Polícia Rodoviária Federal apreende diversos veículos em fiscalizações de trânsito. Os motivos são variados: condução ilegal, excesso de velocidade, multas e demais débitos irregulares, entre outros.
Os automóveis apreendidos ficam disponíveis para retirada por até 90 dias no pátio apropriado do órgão público, desde que se faça regularizada sua situação ou a do condutor proprietário. Decorrido o período, mas não tendo havido a adequação de documentos, multas ou outras pendências, o carro segue para ser leiloado, já que o bem particular não poderia ficar, nesse caso, em posse do poder público. A venda faz, então, com que o bem seja transformado em moeda corrente, a fim de saldar as irregularidades e sanções pecuniárias.

Como acontece a alienação no dia do leilão

Os veículos que vão a leilão ficam acessíveis ao exame dos interessados no pátio das seções regionais do DETRAN, normalmente divididos em lotes, em período ajustado pelo órgão estatal para a visitação. Na visitação, os futuros compradores poderão avaliar com precisão as regras de compra e o estado geral dos veículos, visto que serão alienados nas condições em que se encontram.
A fim de efetuar os lances no dia da alienação pública, os interessados devem também fazer um cadastramento prévio. Tanto pessoas físicas quanto jurídicas poderão participar do ato, sem reservas, bastando que os interessados ou seus responsáveis legais portem os documentos necessários, como original e cópias da identidade e CPF ou CNPJ.
O interessado que der o maior lance, arremata o carro. Há formas diferentes de cobertura do bem e procedimentos nos leilões, a depender das estipulações do DETRAN regional. Geralmente, o novo proprietário assina o comprovante de compra logo após o arremate, devendo pagar à vista o montante de 20 a 30% do lance efetuado, o que pode ser feito em espécie ou com cheque nominal. Se a arrematação for feita online, através dos sites de leilões virtuais, o pagamento se realizará através de boletos bancários. Além desse valor, há mais 5% de comissão do leiloeiro, a ser pago também no ato. O restante deverá ser quitado conforme tratado no dia, seguindo a rotina do serviço local.

Como retirar o carro adquirido em leilão

A retirada do carro adquirido em leilão é autorizada após a compensação total do valor de arrematação, até a data agendada após o ato. Assim, os compradores têm até 30 dias para retirar o bem arrematado do local onde segue guardado pelo órgão público. Passados cinco dias após o término do leilão, os adquirentes ficam sujeitos ao pagamento de multa correspondente a 2% sobre o valor do veículo por cada dia de atraso na retirada.
As informações sobre os processos de regularização dos documentos do veículo leiloado poderão ser facilmente checadas nos portais do DETRAN regional ou com as autoridades presentes no dia do leilão.
E você, já sabia como funcionam os leilões de carros apreendidos? O que achou? Continue acompanhando o nosso blog para conferir mais dicas e informações para fazer o melhor negócio na compra do seu veículo usado!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

8 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *