7 sinais de que um carro usado foi recuperado de perda total

7 sinais de que um carro usado foi recuperado de perda total

Quem está a procura de um carro seminovo precisa estar atento quanto a alguns detalhes. Além de pesquisar coisas básicas, como quilômetros rodados e procurar conhecer os hábitos dos antigos donos, é preciso ficar de olho em outras coisas igualmente importantes. Saber se o carro que está sendo vendido já sofreu perda total e foi vendido desonestamente em perfeito estado, é um cuidado que se deve ter antes de fechar a compra.

Será que você consegue reconhecer uma “trambicagem” dessas caso se depare com um caso assim? Se a resposta for não, fique tranquilo. Leia este artigo e aprenda a reconhecer alguns e sinais e a não cair nessa roubada!

Teto

Pode parecer um detalhe sem importância, mas o estado do teto de um carro diz muito sobre ele. Essa é a parte responsável pela estrutura do veículo.

Um carro com o teto ruim é a mesma coisa que uma caixa de sapatos sem a tampa: ou seja, perde a rigidez. Dê uma olhada e veja se o teto não está amassado ou com a pintura em uma tonalidade diferente do resto do carro.

Portas tortas

Portas desalinhadas podem entregar que o carro sofreu alguns danos. Faça testes e veja se há algum desnível.

Abra e feche todas as portas. Se alguma delas emperrar ou fechar com dificuldade, desconfie!

Vidros distintos

Detalhes fazem toda a diferença. Na hora de analisar o carro a ser adquirido, essa dica é super válida!

Carros que sofreram perda total, na maioria dos casos, tiveram que ter os seus vidros trocados. Se esses vidros foram trocados por empresas ilegais, muito provavelmente a sua numeração e o seu formato de gravação será diferente de um para o outro. Se encontrar algo assim, redobre os cuidados.

Repare na longarina

A longarina — estrutura que confere resistência à carroceria — requer uma atenção especial. Em carros que sofreram batidas fortes, a longarina aparece soldada.

Quando ela está soldada, o que pode acontecer é que o veículo pode ficar instável e ainda desgastar os pneus. Um problema como esse é bastante perigoso. Cuidado!

Eixos tortos

Batidas laterais costumam deixar os eixos tortos e os pneus desgastados. Por mais que o veículo tenha rodado bastante, não confiem em carro que tenha as rodas tortas e desgastadas sem nenhum motivo aparente.

Colunas da porta

Da mesma forma que o teto, as colunas da porta — as que sustentam o teto — podem revelar muito sobre o carro. Veja se a pintura é a mesma e se as travas, as fechaduras e as dobradiças estão colocadas no local correto.

Assoalho

Muitas vezes, em batidas fortes o assoalho do carro vai para o “espaço”. Infelizmente, o carpete pode cobrir quase todas as reformas feitas no assoalho, mas isso não quer dizer que fica impossível descobrir se isso foi feito. O jeito é pegar uma lanterna e olhar por debaixo do carro para ver se não foi feito um trabalho mal feito.

Com a tecnologia e a internet nas mãos fica mais fácil saber a procedência de um veículo usado. A Carcheck representa uma forma confiável de avaliar vários aspectos de segurança, além do histórico do veiculo, desde o seu primeiro registro até o momento da sua compra.

Está se sentindo mais apto a se prevenir da “roubada” de comprar um carro que já sofreu perda total? Caso tenha restado alguma dúvida, deixe um comentário para a gente!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

4 comentários

  • Bom dia.. Antes de comprar um semi novo, como posso ficar sabendo se no passado ele houve um sinistro? Porque vou procurar fazer um seguro deste automóvel. Mesmo que ele não tenha sido de leilão? Há uma central de ocorrências de sinistro entre as seguradoras? Banco de dados ou coisa assim?

    Responder
  • Olá! Estou com uma dúvida imensa que não me sai da cabeça, possuo um Volkswagen Fox Prime top de linha ano e modelo 2013, esse veículo foi comprado zero quilómetro e fui o primeiro proprietário dele a única diferença que teve é que ele foi retirado da montadora que fica em São José Dos Pinhais no Paraná por um amigo meu que trabalha na Volkswagen de São Bernardo Do Campo e tirou ele pra mim no nome dele. Mais vamos lá, o meu problema é que eu nunca sofri qualquer tipo de acidente que seja onde danifique qualquer parte do veículo, mesmo assim, eu notei que quando o peguei novo ele sempre fica puxando para o lado da direita e o volante da direção sempre fica torto, levei sob garantia à diversas concessionárias e lojas que fazem alinhamentos de direção inclusive digitais em 3D e nenhum até o momento solucionou o problema que hoje se tornou para mim um mistério, pois já tive muitos prejuízos financeiros como troca de pneus pois acharam que era problemas nos pneus originais de fábrica mais não era o responsável pelo problema nem tão pouco os amortecedores, buchas da barra estabilizadora, bieletas, pivôs e bandejas e por ai vai, tudo isso foi trocado por novos e todas peças genuínas originais de reposição Volkswagen, então imagina o orçamento disso tudo pro meu bolso. Meu carro hoje está com quase quatro anos de uso e com 55.000Km rodados e o problema persiste e é muito desconfortável pra fazer longas viagens como a que fiz para o Pernambuco. Eu estou pensando que talvez esse problema seja algo na estrutura do veículo ou chassi ao qual sofreu algum problema na fabricação ou transporte do veículo pra São Bernardo Do Campo e a Volkswagen fez alguma tranbicagem pra mascarar o problema já que o veículo era novo e o mesmo não dá indícios de problemas aparentes como teto torto ou desalinhado, portas e chassi pela parte de baixo que está tudo ok . Como faço para descobrir oque está causando esse problema em meu carro ? Gosto muito dele e insisto em desvendar esse mistério e antes que eu me esqueça até alinhamento técnico no eixo traseiro já foi feito. Obrigado pela atenção!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *