Sinistro, prêmio, apólice… Entenda o jargão dos seguros!

Sinistro, prêmio, apólice… Entenda o jargão dos seguros!

Contratar um seguro é uma operação importantíssima para proteger seus bens e ter mais segurança com seus investimentos. Justamente por isso, entender o que se vai assinar na hora da contratação, é uma condição de valor para que haja transparência no negócio. Isso adiciona confiança na relação entre o segurado e a companhia seguradora.

Como qualquer ramo técnico que lida com conhecimentos específicos, os seguros trazem jargões e termos com significados peculiares, e por isso é bom conhecê-los. Você consegue distinguir os principais? Que tal dar uma olhada a seguir?

Apólice de seguro

É o documento onde estão descriminados o bem segurado, a cobertura e outras condições relacionadas ao tipo de contratação. Ele significa que a empresa seguradora aceitou a proposta de contrato de seguro. Contrato e proposta são coisas diferentes e não devem ser confundidos. Proposta é quando o instrumento segue preenchido pelo corretor ou pelo contratante, com as informações do cliente e as condições da seguradora. E o contrato é tão somente o título onde constam as cláusulas e as obrigações de ambas as partes que estarão vinculadas em uma relação jurídica, a partir da assinatura e dentro do prazo estabelecido.

Aviso de sinistro

É a comunicação, feita pelo segurado, de que houve um sinistro. Ela pode ser realizada através de contato telefônico, formulário específico ou outro meio possível, para que a empresa seguradora tome ciência do fato acontecido.

Beneficiário

É a pessoa, que pode ser física ou jurídica, a qual é indicada no contrato como favorecido. Por isso, apresenta direito à indenização em caso de sinistro.

Carência

Significa o período determinado em que a seguradora não apresenta responsabilidade para indenizar o segurado, caso ocorra um sinistro.

Cobertura

Define a garantia de proteção contra o risco de que determinado evento aconteça.

Franquia

É o valor determinado até quanto o segurado é obrigado a participar para cobrir os prejuízos resultantes do sinistro acontecido.

Indenização

É o valor que serve de contraprestação da seguradora em relação ao segurado, quando ocorre a efetivação de um risco previsto e coberto no contrato.

Objeto do seguro

É uma qualificação genérica para qualquer interesse segurado no contrato, que pode ser um bem corpóreo ou incorpóreo; uma pessoa; entre tantos outros.

Prêmio

Constitui a importância paga pelo segurado à empresa seguradora, a fim de que esta assuma um determinado risco indicado em contrato.

Renovação

Significa recompor a cobertura de seguro, em geral por meio da emissão de uma nova apólice de seguros, após o termino da vigência da apólice anterior. É possível manter, ou não, as mesmas condições.

Resseguro

É a transferência do risco parcial assumido por uma seguradora a outra, quando aquele ultrapassa a capacidade de cobertura da primeira. A empresa resseguradora passa a garantir que a indenização contratada será integralmente amparada.

Risco

É a adversidade incerta e de data incerta para ocorrer, que não depende da vontade das partes que participam do contrato. É contra ela que é feito o seguro.

Segurado

Diz-se da pessoa física ou jurídica que tem vinculação jurídica com a empresa seguradora. Pode ser alguém que contratou o seguro em benefício pessoal ou de terceiros. É em relação a ele que a seguradora assume a responsabilidade de determinados riscos, previstos nas coberturas indicadas na apólice.

Sinistro

É a ocorrência do evento previsto no contrato de seguro, que pode ser o furto do objeto do seguro, o roubo, a perda total, a morte, entre tantas outras possibilidades. É o que vai disparar, dentro da conformidade contratada, o pagamento da indenização.

Diante da ocorrência de um sinistro, o segurado deve sempre efetuar o aviso de sinistro.

Vigência do contrato

É o tempo predeterminado que indica o início e o término da validade dos termos e das garantias contratadas.

Agora, você já está por dentro de muitos termos usuais nos contratos de seguros. Há alguma expressão que você gostaria de saber e que ficou faltando em nossa relação? Conte para nós!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *