Moto usada sem placa pode ser regularizada?

Moto usada sem placa pode ser regularizada?

Para muitos, uma boa moto é mais do que um objeto de desejo, é um estilo de vida. Mas quando o orçamento aperta, nem sempre é possível comprar uma 0km.

Sendo assim, as seminovas são bastante procuradas, mas raras de encontrar. O que resta, muitas vezes, é investir em uma motocicleta com 1 ou mais anos de uso.

Mas, ao procurar por uma moto usada para comprar, dê uma boa olhada nas condições da parte elétrica, cabos da embreagem, acelerador, suspensão, rolamentos, buchas, entre outros aspectos do funcionamento da máquina, para não ser pego de surpresa. Também vale a pena verificar se há qualquer tipo de vazamento ou se as pastilhas de freio a tambor estão muito desgastadas, sem esquecer a parte que diz respeito à documentação. No mais não tem segredo, é só fazer uma pesquisa séria e determinada. Porém, pode acontecer do seu veículo usado estar sem placa.

Nesses casos, é possível regularizar a moto? Descubra a resposta para essa pergunta no nosso artigo!

O esforço vale a pena?

Fechar um negócio, sobretudo na hora de fazer uma compra de segunda mão, requer cuidado redobrado. O mercado de motocicletas usadas é vasto e o sortimento é grande, então é necessário investir paciência para pesquisar sobre o máximo de informações que você puder.

Portanto, ao investir em uma moto usada, não tenha pressa e seja minucioso na verificação! Para isso, não se esqueça de fazer um test drive para confirmar se o veículo é realmente bom.

Uma vez que você já estiver a par dos preços com base na tabela FIPE e em cadernos especializados, fique atento a informações como ano, quilometragem, modelo, cor, histórico de multas e de impostos no site do Detran. Adquirir uma moto usada pode valer a pena por ser mais acessível do que comprar uma moto nova, mas todo cuidado é preciso para que não saia caro depois em consertos e oficinas.

Uma boa alternativa é comprar a sua máquina de duas rodas em um lugar confiável, seja em um revendedor, em uma entidade privada ou pela internet. Tudo isso extraindo o máximo de pormenores que respondam a perguntas essenciais sobre o funcionamento geral e sobre a trajetória do veículo, o que vai evitar qualquer dor de cabeça por falta de esclarecimentos.

Inclua também no seu planejamento os gastos necessários para licenciamento e regularização do veículo, pois não tem outro jeito, você terá que desembolsar e arcar com esses custos. Portanto, negocie um bom desconto, conheça os preços praticados e veja bem se compensa comprar uma moto usada sem placa, ao invés de uma devidamente regularizada. Planejamento é a chave para tomar a direção certa!

Quais serão os meus gastos?

Se o veículo não possuir RENAVAM cadastrado por ainda não ter sido emplacado, você não poderá consultar débitos junto à fazenda estadual (IPVA, DPVAT). Para regularizar a situação, é preciso dar entrada com a documentação no Detran e recolher o valor dos IPVAs e DPVATs dos últimos anos, além de pagar as taxas de vistoria, de licenciamento, de lacração e de emplacamento.

Outra dúvida frequente surge quanto à regularização de motos de sucata arrematadas em leilão. Essas já não podem ser regularizadas, uma vez que, ao retirá-las do pátio, é apenas emitido um recibo de compra.

Assim, elas não podem retornar a constar no sistema administrativo do Estado para circulação legal de veículos e servem somente para circular em eventos privados ou locais particulares, não em vias públicas. Tenha isso em mente e calcule os seus gastos antes de fechar o negócio! Mensure a sua necessidade e veja qual é a melhor coisa a ser feita.

Já comprou uma moto usada sem emplacamento? Como foi o processo de regularizar o seu veículo? Deixe um comentário contando a sua experiência para a gente!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

12 comentários

  • quero compra uma moto so que ela tem so documento de compra e venda quanto vou gastar pra fazer a documentaçoa dela .e uma bugman e quais os procedimentos

    Responder
  • Eu comprei uma moto do ano de 2011 , mas ela nunca foi emplacada !
    O ex dono so me deu uma folha com os numeros do chassis
    Como faço pra consultar ela pelo chassi
    Querk regularizala

    Responder
    • Você tem que ir ao Detran da sua cidade, dar entrada nos documentos, pagar os IPVA atrasado, vistoria, transferência para o seu nome, aí sim a moto já está toda Ok. Nisso você vai gastar no “mínimo” uns 1500 isso dependendo da moto! Forte abraço

      Responder
  • Eu quero comprar uma moto dafra laser 2008 so que nunca foi empacada porque o dono perdeu a nota fiscal .
    Gostaria de saber se tem como eu conseguir uma segunda via da moto e se vou ter muito gasto com isso ?
    Aguardo a resposta.
    Ass Aline

    Responder
  • Olá gostaria de saber se posso pedir pra fazer uma placa nova para minha moto. Minha placa quebrou no meio esta segura por arames. Tem um porem: eu comprei essa moto sem recibo só tem o documento. E a ex dona que me vendeu, nao tinha o recibo e ela sumiu. Foi embora. E eu queria saber se mesmo assim tem como fazer uma nova placa? Aguardo resposta. Obrigado

    Responder
  • Comprei uma moto 2012 só que não esta emplacada e não tenho a nota fiscal, porque o rapaz que me vendeu não tenho mais contato como faço?

    Responder
  • Comprei uma 50cc ano 2012 sem placa de um amigo que se mudaria para outro país a trabalho. A NF da scooter está no nome dele, o primeiro dono. Qual procedimento necessário para regularizar a moto em meu nome (licenciamento e emplacamento) uma vez que a pessoa que me vendeu mora em outro país? Os pais podem resolver esse assunto em nome do filho?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *