Consórcio de moto usada. O que você precisa saber?

Consórcio de moto usada. O que você precisa saber?

As motocicletas seminovas são opções bastante requisitadas por aqueles que sonham em ter o seu primeiro veículo e uma das alternativas mais atrativas são os consórcios. Poder pagar um bem com prestações que cabem no orçamento é um dos principais chamariscos desta modalidade de aquisição. No post de hoje, daremos informações valiosíssimas dos caminhos para se obter uma moto usada pelos grupos consorciados.

Quantas vezes você já não amaldiçoou as manhãs chuvosas, os ônibus lotados ou o valor do táxi por não possuir um meio de transporte que lhe ofereça a liberdade de ir e vir em seu próprio tempo? Saiba mais sobre o consórcio de motos usadas!

A diferença entre um consórcio de motos novas e usadas

A princípio não há diferença nenhuma, a não ser pelo valor das parcelas, é claro. Mas ao adquirir a respeito do histórico da motocicleta devem ser tomados. Falaremos mais sobre isso no decorrer do post.

O pagamento das parcelas

Quando as parcelas não são quitadas em dia, o participante de um consórcio não poderá concorrer nos sorteios e tampouco dar lances, o que faz com que as chances de ter a sua moto o quanto antes sejam desperdiçadas. Organize-se de forma a sempre estar dentro das regras, para sair pilotando a sua motocicleta o quanto antes!

Autorização do Banco Central

São várias as organizações que administram consórcios no Brasil, mas nem todas estão livres das reclamações e de problemas diversos. Confira neste link uma lista das administradoras que estão devidamente regulamentadas.

Data de vencimento das parcelas

Fique atento para este detalhe. Saiba previamente de todas as condições de pagamento para que o seu orçamento mensal não seja comprometido ou para que as prestações não se atrasem.

O pagamento das parcelas pode ser antecipado

Mas antes não se esqueça de se informar com a sua administradora se a ordem de pagamento é inversa ou direta, ou seja, se você está pagando da última parcela para a primeira ou da primeira para a última. Isso faz toda a diferença em relação aos juros e na hora da escolha de quais folhas do boleto você apresentará ao caixa na hora de pagar.

A marca e o modelo da moto usada

A não ser que a administradora crie restrições quanto a isso, este é o procedimento comum em um consórcio de motocicletas seminovas. Caso o valor da sua carta de crédito seja maior do que o da moto escolhida, você poderá usar este excedente para quitar as parcelas que ainda faltam.

10% do valor de sua carta de crédito

Este valor pode ser usado para pagamentos de despesas de sua moto seminova. Contratar um seguro e quitar o IPVA é boa pedida para esta opção.

Resgate do pagamento em dinheiro no caso de não ficar com a moto

Apesar de isso ser possível, não é bom contar com essa grana para situações urgentes: o valor só será depositado em sua conta no prazo de 6 meses após o encerramento do consórcio ou da data em que você foi contemplado. O que vier primeiro.

Importantíssimo

Ao ser contemplado, antes de escolher a sua moto usada e sair com ela por aí, faça a verificação da situação do veículo com o Carcheck. O nosso sistema oferece informações a respeito de toda a trajetória da motocicleta até o dia em que você a escolheu. Assim você tem certeza de que não terá nenhum tipo de dor de cabeça com o seu sonhado meio de transporte.

Ainda possui dúvidas a respeito dos consórcios? Tem alguma experiência a relatar? Aproveite os comentários e nos convide para uma conversa!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *