5 dicas para estender a vida da sua moto usada

5 dicas para estender a vida da sua moto usada

Uma moto usada pode render muito mais quando você garante cuidados especiais com pequenos detalhes. Além de aumentar a vida útil, é possível também economizar com manutenção e evitar uma dor de cabeça desnecessária.

Quer ajuda para manter alguns cuidados básicos na preservação da sua moto? Fique ligado nas dicas importantes que preparamos para você!

1. Calibre sempre os pneus

Um cuidado importante para aumentar a vida útil das peças da moto, economizar combustível e diminuir o risco de acidentes, é ficar de olho na calibragem dos pneus. Por isso, sempre que passar em um posto para abastecer, aproveite para checá-los.

Uma recomendação é fazer isso sempre com os pneus mais frios, pois o calor e o contato com a pista modificam a pressão interna. Também é importante seguir as instruções de pressão indicadas pelo fabricante da moto.

2. Fique de olho na bateria

Garantir que a bateria da moto esteja sempre em boas condições é muito importante para evitar surpresas desagradáveis. Por isso, confira frequentemente o nível da água e, sempre que necessário, complete com destilada — que você encontra em farmácias e em postos de gasolina. Aqui, é muito importante não utilizar água de torneira ou mineral.

Para conferir e completá-la, é preciso retirar a bateria com cuidado! A primeira coisa que você deve desconectar é o polo negativo.

Já na hora de recolocar a bateria, você deve começar com o polo positivo. Fique sempre atento para não prejudicar a sua moto e, no caso de dúvidas, consulte um especialista.

3. Confira os cabos da moto

É muito importante conferir as condições dos cabos da sua moto. Pois, a quebra eventual de algum deles pode provocar um acidente. Por isso, garanta que estejam sempre em um ótimo estado e evite utilizar cabos desgastados.

Para os cabos de freio e de embreagem, você mesmo pode conferir e realizar as trocas. Basta conferir se não estão desfiados e seguir as instruções para a sua moto.

Já o cabo do acelerador costuma exigir um conhecimento mais avançado. Por isso, conte sempre com a ajuda de especialistas!

4. Mantenha a corrente sempre bem ajustada

Com o uso, a corrente da sua moto tende a ganhar folga. Sempre que você notar que a diferença é maior que a indicada pelo fabricante (variando entre 1,5 e 2cm em média), é preciso fazer esse ajuste! Assim, você evita que a corrente se solte com a moto em movimento, aumentando o risco de acidentes.

Seguindo as instruções do seu modelo, é fácil ajustar a corrente. Mas em caso de dúvidas, procure por um especialista.

Afinal, o aperto exagerado pode provocar o rompimento da corrente, o que é bem perigoso. Confira a quilometragem indicada pelo fabricante para ajustes e mantenha a corrente sempre na configuração ideal.

5. Não se esqueça da vela de ignição

O cuidado com a vela de ignição é fundamental para que a moto ande sempre em ótimas condições! Afinal, ela é a responsável pela faísca no motor que queima o ar e o combustível, a dupla que faz a moto funcionar.

Com o tempo e com o desgaste da vela, a moto passa a consumir mais combustível e aumenta também a emissão de poluentes. Portanto, verifique o estado da vela a cada três mil quilômetros e siga as instruções do manual do fabricante sempre que instalar uma nova.

Seguindo as nossas dicas, fica muito mais fácil escapar dos sustos e dos gastos desnecessários com oficina, aumentando a vida útil da sua moto. Aproveite e leia também o nosso post com 5 dicas para prolongar a vida útil do seu carro.

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma dica sobre como cuidar bem da moto? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *