Volta às aulas: como dirigir com crianças no carro?

Volta às aulas: como dirigir com crianças no carro?

Transportar crianças no carro exige alguns cuidados especiais. Não basta apenas sentá-la no banco traseiro com cinto de segurança. Dependendo da idade e do tamanho do seu filho, esse fator pode trazer mais riscos do que segurança.

O ideal é que sejam utilizadas as cadeirinhas e outros assentos específicos de acordo com a idade, tamanho e peso da criança.

Com a volta às aulas, está na hora de muitos pais começarem a levar a criançada para a escola de caro. Se você é um desses, aprenda neste post como levar crianças no carro com segurança.

Acidentes com crianças no carro

Antes da obrigatoriedade do uso da cadeirinha, havia um alto número de mortes de crianças no Brasil em função do trânsito.

Grande parte das ocorrências estão ligadas ao fato de os pais não saberem levar as crianças no carro da forma correta. Somados a isso, temos ainda:

  • atropelamentos;
  • crianças usando bicicletas;
  • outros acidentes de trânsito.

Após a aprovação da medida que regulamenta a utilização das cadeirinhas em 2010, esse número teve uma queda de 23% no primeiro ano. De lá pra cá, o número vem caindo ano após ano.

Portanto, a correta utilização dos assentos reduz bastante o risco de lesões graves ou morte de crianças em acidentes. Veja abaixo como proceder da forma correta para levar crianças no carro.

Bebê conforto e cadeirinha

Crianças com até 1 ano devem ser levadas no carro com o bebê conforto colocado no banco traseiro de costas para o movimento do caro. Ou seja, ela deve ficar de frente para o encosto do banco traseiro.

A boa notícia é que é possível encontrar carrinhos para bebês que servem também como bebê conforto, retirando apenas o assento e colocando-o no carro. Assim, não é necessário ficar transportando 2 itens o tempo todo.

Após 1 ano, a criança já pode ser transportada com o bebê conforto na posição normal do banco. Eles devem ser utilizados, pelo menos, até os 4 anos de idade.

É preciso ficar atento também à necessidade de troca da cadeirinha de acordo com o crescimento da criança. Após 4 anos de idade, é possível substituir a cadeirinha pelos assentos de apoio ou elevação. No entanto, se perceber que a altura da criança ainda não permite essa troca, prolongue o uso da cadeirinha.

Assento de apoio ou elevação

Entre 4 e 7 anos e meio de idade, crianças devem utilizar os assentos de apoio ou elevação. Isso deve ser feito, pois, neste período, apesar da criança já não precisar da cadeirinha ou bebê conforto, ela ainda não tem altura suficiente para que o cinto de segurança a proteja com eficiência.

Por isso, este apoio serve para compensar a altura e permitir total proteção do cinto de segurança do veículo. Após os 7 anos e meio de vida, já é possível retirar o apoio e utilizar somente o cinto de segurança. Porém, isso só deve ser feito se a criança já tiver altura suficiente para tal.

Para saber se ela já está grande o suficiente para retirada do apoio, veja se enquanto está sentada utilizando o acessório seus ombros estão mais altos que as aberturas para o cinto de segurança e a cabeça acima do encosto do banco traseiro.

Fique atento! Apesar de após os 7 anos e meio ser possível levar crianças no carro sem auxílio de cadeirinhas ou apoios, pelo menos até os 10 anos elas devem ir apenas no banco traseiro, conforme determinado pela lei e para maior segurança.

Esperamos que este post tenha te ajudado e levar crianças no carro com mais segurança e que você tenha gostado. Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários que teremos prazer em te ajudar!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *