Como são classificadas as multas de trânsito do DETRAN

Como são classificadas as multas de trânsito do DETRAN

Quando um motorista comete uma pequena barbeiragem na frente de um agente de trânsito, ou estaciona em local proibido, ultrapassa um cruzamento de vias com o semáforo indicando a luz vermelha acesa, entre outras infrações, ele fica receoso de receber em sua residência a anotação de multa. Quando o condutor recebe a autuação, ele tem um prazo de 30 dias para recorrer ou efetuar o pagamento no Detran ou outros órgãos competentes.

Sendo a infração confirmada, o condutor irá, além de pagar a multa, perder pontos em sua carteira de motorista, e ainda ter o carro apreendido ou o direito de dirigir suspenso, entre outras medidas, a depender do tipo de infração. Por isso, é importante ficar atento a como funciona e como são classificadas as violações no trânsito.

As categorias de infrações de trânsito

Conforme o Código Nacional de Trânsito, são quatro as categorias de infrações: leves, médias, graves e gravíssimas. Cada um desses grupos apresenta valores de penalização diferentes, a serem cobrados como multa, além de subtrair pontuações diferentes na Carteira Nacional de Habilitação, que variam de três a sete pontos. Se, ao longo de um ano corrido (período de 12 meses), o condutor chegar a 20 pontos em sua carteira, perderá seu direito de dirigir.

Infrações leves

As infrações leves geram multas menos onerosas, que são calculadas sobre 50 UFIRs (Unidade Fiscal de Referência), o que corresponderia a atuais R$ 53,20, e retiram 3 pontos da carteira do infrator. Como exemplos, podemos citar o uso prolongado e sucessivo de buzina a qualquer pretexto e dirigir sem atenção ou os cuidados indispensáveis à segurança. Estacionar afastado da guia de 50 cm a 1 metro ou em desacordo com a regulamentação provoca este tipo de multa e ainda motiva a remoção do veículo.

Infrações médias

Essas espécies provocam a perda de 4 pontos na habilitação do condutor e multas de 80 UFIRs (R$ 85,13). São tipos de infrações médias: parar o veículo sobre a faixa de pedestres, na mudança de sinal luminoso do semáforo; não conservar o veículo de grande porte na faixa da direita; estacionar ou parar na contramão de direção; parar o veículo afastado da guia em mais de um metro; entre vários outros. Além da multa e perda de pontos, o automóvel poderá ser removido quando estiver estacionado diante de guia rebaixada ou parado na via por falta de combustível, por exemplo.

Infrações graves

Essa categoria e a seguinte têm ainda mais exemplos de condutas que são penalizadas, com o objetivo de garantir uma circulação de veículos mais solidária, atenta e livre de perigos. Aqui, os infratores perderão 5 pontos na habilitação, além de arcar com multas calculadas sobre 120 UFIRs, o que daria R$ 127,69. Transitar pela contramão em via de sentido duplo, estacionar em fila dupla e não usar cinto de segurança são só alguns exemplos.

Infrações gravíssimas

Finalmente, o rol de infrações mais prejudiciais de todas. Se for ruim para o trânsito, será também ruim para o bolso dos infratores. Dirigir sem possuir Carteira Nacional de Habilitação,  avançar o sinal vermelho do semáforo, executar retorno em local proibido pela sinalização ou disputar “rachas” com outros veículos são algumas das condutas que poderão ensejar multas de 180 UFIRs (R$ 191,54), além da perda de 7 pontos na carteira do condutor.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a classificação das infrações e multas de trânsito, fique atento à sua direção e não caia nas barbeiragens. Participe de um trânsito mais seguro!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

2 comentários

  • Excelente post, só queria deixar uma observação referente a pontos na carteira. Quando tiramos a primeira Habilitação, nosso prontuário de “Pontos” vem em branco, ou seja, em vez de perder pontos na carteira, nos ganhamos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *