Envelopamento de veículos usados: vale a pena fazer?

Envelopamento de veículos usados: vale a pena fazer?

Quem acompanha o mercado das modificações automotivas sabe que muitos acessórios e peças entram e saem de moda, alguns por não serem tão acessíveis, outros por caírem no esquecimento do consumidor. Uma modificação que chegou para ficar e se mostra mais popular entre os amantes de carros é o envelopamento de veículos. Essa alteração pode trazer um ar mais arrojado e moderno para todo o tipo de carro,

Tem dúvida se vale a pena fazer o envelopamento de carros usados? Confira agora um pouco mais sobre esses serviços e algumas razões para você fazer esta modificação no seu usado!

Mas o que é exatamente o envelopamento?

O envelopamento de veículos é um processo de aplicação de um adesivo sobre toda a carroceria do carro, modificando sua aparência original. A aplicação desse adesivo é feita em dois processos: aplicando um adesivo do tamanho do carro ou utilizando um spray adesivo que, após a aplicação, torna-se um adesivo inteiriço.

Ambos os processos são eficazes, sendo que a utilização do adesivo líquido garante menor incidência de bolhas (que não são comuns, mas podem acontecer). Os adesivos podem ser coloridos ou transparentes. Na verdade, a opção sem cor é uma película protetora de toque emborrachado, que mantém a cor original, mas protege a lataria de riscos e dos raios do sol.

Quais as vantagens de envelopar o carro?

Sem dúvidas, o sol é um dos grandes inimigos da conservação da pintura dos carros. Os raios ultravioletas são responsáveis pelo desgaste da tinta com o passar dos anos, deixando o carro com uma cor opaca e sem aquele brilho de carro novo.

O envelopamento de carros é ótimo para proteger a pintura do seu carro, seja novo ou usado e serve, inclusive, para quem quer esconder aquele amassadinho ou arranhão, sem ter que deixar o carro na funilaria. Quem não possui um lugar adequado para guardar o carro, como uma garagem sem incidência da luz do sol, também deve considerá-lo.

Como foi dito anteriormente, os raios solares degradam a camada de pintura. Além do sol, outros elementos, como granizo e fezes de pássaros, são verdadeiros vilões da conservação automotiva e todos eles têm seus efeitos atenuados com o envelopamento de veículos.

Estética

Outra vantagem importante é a estética. Existem diversas opções de envelopamento de veículos que fazem uma revolução na imagem do carro, deixando-os com o visual mais esportivo e moderno. Existe a famosa opção do adesivo preto fosco, mas já estão disponíveis no mercado versões de outras cores e também com um brilho incrível, que deixa o carro com uma aparência totalmente renovada.

Mas e depois?

Muita gente deixa de fazer o envelopamento de veículos porque tem receio de danificar a pintura, o que dificultaria muito na hora de trocar de veículo. O dano do adesivo da pintura não passa de boatos.

O adesivo protege sem danificar, sendo que a área envelopada não apresenta danos após a retirada. Os especialistas no serviço admitem que a duração do adesivo é limitada — algo entre 5 a 7 anos — mas não há nenhum tipo de dano na pintura que fica embaixo do adesivo. Uma outra recomendação constante é que o consumidor opte pelo envelopamento de veículos total, uma vez que as áreas não protegidas pela película sofrem os danos causados pela exposição da pintura e isso pode gerar diferenças após a retirada da película.

Vale a pena para usados?

Sim! Além de proteger a pintura, o adesivo pode esconder aquelas imperfeições que muitos seminovos apresentam. Vale a pena dar uma chance para o envelopamento de veículos, por isso, pense se não vale a pena investir no serviço para manter a pintura do seu carro sempre novinha em folha.

Está pensando em envelopar seu carro ou quer discutir mais sobre o assunto antes de se decidir? Deixe sua opinião nos comentários!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

12 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *