Você sabe qual o melhor momento para trocar o carro?

Você sabe qual o melhor momento para trocar o carro?

Anda fazendo mais visitas ao mecânico do que gostaria? Está gastando boa parte do orçamento no veículo? Esses questionamentos são frequentes para quem tem um carro e as dúvidas, com o passar do tempo, só tendem a aumentar. Afinal, qual o melhor momento para trocar o carro?

A Carcheck preparou uma lista para sanar as suas indagações e, ao ler nosso artigo, você vai saber se já é hora de ir para a concessionário buscar outro veículo.

Quando o carro não sai da oficina

É importante ter essa informação na ponta do lápis: quanto você gastou com a manutenção do seu veículo nos últimos 12 meses?

Se os gastos no último ano foram altos e pesaram no seu bolso, considere a troca. Especialistas indicam que você não deve gastar, anualmente, mais de 10% do valor do seu veículo com manutenção – para saber o valor do seu carro, consulte a tabela Fipe.

Depois de rodar muitos quilômetros

Muitos dizem que depois que o carro passa dos 60000 km, os custos com manutenção começam a ser mais frequentes.

Porém, atenção! Cada caso é um caso e tem carro que, se bem cuidado durante os anos anteriores, pode rodar muito mais apenas com custos básicos de manutenção, como pneus, óleos de freio, motor, etc.

Mas se você perceber que o veículo começou a gastar mais depois dos 60000 km, já acenda o sinal de alerta e comece a considerar a troca.

O carro já tem muitos anos

Mais um ponto de grande discussão entre especialistas e motoristas. Alguns dizem que o tempo ideal para ficar com o veículo – caso ele tenha sido adquirido 0 km – é enquanto durar a garantia com a montadora.

Mas como não é todo mundo que tem bala na agulha para comprar um carro novo com tanta frequência, o ideal é que você fique com o veículo por meia década, visto que ele se desvaloriza mais nos dois primeiros.

Carro usado? Então observe a vida útil. Ficar com um carro que já tenha mais de dez anos de fabricação pode trazer custos de manutenção elevados.

Insatisfação com o veículo

Tá, você comprou um carro achando que seria aquilo tudo e, logo nos primeiros meses de adaptação, se decepcionou. O veículo não era o que você pensava, a montadora não te atende, o carro bebe muito, faz muito barulho. E agora?

Se o carro era 0km, não tem jeito, se você trocar imediatamente vai perder, pelo menos, uns 20% do valor que investiu. Então a dica é suportar o veículo por pelo menos dois anos.

Se comprou usado, não perca tempo. Termine logo essa relação, mas desta vez faça uma pesquisa aprofundada sobre o novo modelo, faça test drive. Não repita o erro.

Veículo mal cuidado

Carro mal cuidado é mais difícil de passar pra frente. Imagine você ir em busca de um novo carro e ele está todo desgastado, com problemas de pintura, poltronas rasgadas. Você compraria? Pois é.

Vai trocar o carro? Mantenha ele bem cuidado!

A troca por um carro usado

Analisou todos os itens anteriores e vai trocar o veículo? Comprar um veículo usado sai mais em conta, os custos com impostos e taxas são menores e é ideal para quem não vai ficar com o veículo por muitos anos.

Sem falar que um seminovo, muitas vezes, é melhor do que um veículo 0 km por ter mais tecnologia e equipamentos.

Em resumo, não existe uma fórmula matemática exata para você saber se já é hora de trocar o seu patrimônio. São muitas as variáveis que devem ser analisadas, mas a Carcheck espera ter te ajudado a tomar esta decisão!

E aí, gostou das nossas dicas? Depois de ler o artigo, vai trocar ou permanecerá com o seu veículo? Deixe sua resposta aí nos comentários para a gente e explique seus motivos.

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *