Quer trocar seu carro por uma moto? Leia este artigo antes

Quer trocar seu carro por uma moto? Leia este artigo antes

Se você está cansado de ficar parado no trânsito, normalmente dirige sozinho, tem dificuldade em encontrar vaga para estacionar e gostaria de pagar menos IPVA, pode ser que esteja hora de trocar o seu carro por uma moto. Mas o transporte sobre duas rodas não é para todo mundo.

Quer saber se você tem perfil para ser um motoqueiro? Leia este post antes de pôr o seu carro a venda e procurar por uma motocicleta!

Pense na conveniência

Se você é solteiro e não tem filhos, as chances de poder comprar uma moto são grandes. Mas, se ela for o único veículo da casa, pode não ser o mais adequado para levar os seus filhos na escola, os seus parentes ao hospital ou a sua parceira ao teatro. Especialmente se a sua família for grande, pois em uma moto cabem, no máximo, duas pessoas. Por isso, você deve levar em conta a conveniência dos seus deslocamentos.

Preocupe-se com a segurança

Geralmente, achamos que um acidente sério jamais acontecerá com a gente. Mas a verdade é que andar de moto pode ser bem perigoso.

O Brasil teve 43 000 mortes por acidentes de trânsito em 2011. Foram 12 481 mortes em carros e 14 924 mortes em motocicletas — além de 12 000 mortes de pedestres. Isso sem falar nos acidentes não fatais!

É evidente que a sua segurança aumenta com os cuidados certos, como usar capacete, andar na velocidade adequada e revisar os itens de segurança. Mas assim como na hora de dirigir um carro, todo cuidado é pouco.

Considere o espaço para a carga

Se o seu trabalho envolve o deslocamento de cargas, difícil competir com o carro. Às vezes, você precisa levar caixas com copos d’ água para um evento, um banner gigante, vários brinquedos, uma coleção de cobertores ou até um cachorro. Se você regularmente transporta algo maior ou mais delicado que um galão de água ou uma pizza, a moto pode não ser produtiva para você.

Lembre-se dos seus trajetos diários

Motos são excelentes para “furar” longos engarrafamentos e deslocar-se dentro de grandes cidades. Mas se a sua rotina envolve viagens mais longas, deslocamentos na estrada ou mudança de cidades, o carro é certamente a melhor opção.

Faça um orçamento

Uma regra quase certa é que as despesas recorrentes da moto — combustível, estacionamento, impostos e manutenção — são um terço menores que as do carro. Gastando menos dinheiro com o carro, sobra mais para outras coisas!

Mas essa economia pode ir para o ralo dependendo da configuração da sua família e da sua rotina. Se por causa do abandono do carro, 3 pessoas passarem a usar transporte público, 20 dias por mês, provavelmente haverá um gasto a mais de, aproximadamente, 360 reais mensais — assumindo que cada um gaste 2 passagens por dia, uma de ida e uma de volta, de 3 reais cada.

Também pode ficar salgada a conta do transporte escolar. Outros deslocamentos emergenciais, que poderiam ser feitos com o carro, passarão a exigir o táxi. Finalmente, aquela viagem para uma cidade próxima, ou para o interior do estado, pode ficar bem mais cara, porque serão necessárias várias passagens de ônibus, em vez de apenas um tanque de gasolina.

Consulte sempre

Se você avaliou tudo isso e decidiu que é hora de trocar o seu carro por uma moto, parabéns! Caso queira economizar ainda mais, levando uma moto usada, melhor ainda.

Mas não deixe de consultar na CarCheck o histórico da moto e a sua situação legal. Suas viagens vão ficar muito mais seguras para você e toda a sua família.

Já trocou o seu carro por uma moto e se arrependeu da decisão? Deixe um comentário para a gente com a sua experiência!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *