Peças de carros populares são sempre mais baratas?

Peças de carros populares são sempre mais baratas?

Na hora de comprar ou trocar o seu carro, é preciso levar em consideração alguns fatores para que o negócio não se torne uma dor de cabeça no futuro. Dessa forma, não se deve analisar apenas o que o carro vai lhe oferecer, mas também os gastos com a manutenção e valor das peças de reposição do veículo que, dependendo do modelo, podem ter preços bem elevados.

Vale a penas comprar um carro popular seminovo?

Os carros populares, devido ao custo/benefício, acabam sendo a solução para muitos desses casos, pois são veículos econômicos, com baixa ocorrência de falhas e baixo valor de manutenção. Assim, os preços mais acessíveis e a facilidade de se encontrar peças de reposição são resultado de um conjunto de fatores, entre eles a origem do produto e a quantidade produzida.

As peças de reposição dos carros populares

Em sua maioria, os modelos populares têm fabricação nacional, apresentando os preços mais acessíveis do mercado devido ao baixo valor dos impostos, serviços, materiais e logística que são investidos na produção.Todas essas vantagens, ao serem refletidas no baixo valor final do carro, fazem com que haja maior demanda de produção e, consequentemente, peças de reposição.

Necessidade de importar algumas peças pode encarecer a compra

Porém, mesmo considerando a maioria dos benefícios sobre os custos de um modelo popular, algumas peças de reposição, principalmente componentes eletrônicos, precisam ser importadas, o que encarece o valor do produto, se tornando um empecilho para quem pretende economizar com a manutenção.

A diferença dos valores

Mas nem tudo é só maravilha e muitos carros populares apresentam entre si uma drástica diferença de valores referente a peças semelhantes. Por exemplo, o pára-choque dianteiro de um Fiat Palio Fire Economy, considerado um carro barato e popular, está apenas trinta reais mais barato que o para-choque de um Punto 1.4, carro que não é considerado popular. Já o jogo de velas de um Ford KA 1.0 está o mesmo preço que o de um Astra 2.0.
Com as diferenças que ocorrem em determinadas peças específicas, recomenda-se que, ao fazer uma pesquisa de mercado antes de fechar negócio, o comprador avalie e compare o valor dos itens básicos do carro que pode vir a precisar comprar, com a cesta básica de outros semelhantes, populares ou não.

Itens componentes de uma cesta básica para veículos

Em uma cesta básica, normalmente, é incluída as peças que são mais trocadas ao longo do tempo, como o jogo de vela, farol, pastilhas de freio, pneus e pára-choque dianteiro. E, só após verificar a cesta básica mais rentável, o preço e as condições do veículo, que é hora certa de fechar negócio.

Portanto, os carros populares são grande aliados para quem não pretende gastar muito dinheiro, tanto com a compra quanto com a manutenção do veículo, mas também pode reservar armadilhas caso o consumidor não pesquise e levante informações básicas sobre o produto que vai comprar e seus gastos ao longo do tempo. A dica é sempre pesquisar!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *