O que observar ao fazer um test-drive no usado?

O que observar ao fazer um test-drive no usado?

Quem é apaixonado por automóveis sabe como é boa a sensação de comprar o carro desejado e a alegria de sair o dirigindo por aí. Porém, como o preço dos carros 0km são elevados, muitas vezes a melhor alternativa é adquirir um veículo seminovo.

Mas para não ter dores de cabeça no futuro, é preciso ter olhos atentos antes de fechar um negócio e o test-drive é uma das melhores maneiras de se certificar de que o veículo desejado está em boas condições. Entretanto, não basta só dirigir sem saber nada sobre o assunto. Existem diversos pontos que merecem atenção durante o teste e o futuro comprador não pode abrir mão de observá-los com atenção.

Quer descobrir como fazer isso? Leia o texto a seguir e aprenda o que observar ao fazer um test-drive no usado!

Não se sinta pressionado

Na realidade, a primeira coisa que deve ser trabalhada é antes mesmo de fazer o teste. Pois, muita gente acha que fazer esse tipo de avaliação é criar uma expectativa de compra, em que o cliente seja impelido a fechar o negócio.

Pois saiba que o test-drive é uma prática muito comum e vantajosa para ambos os lados. Se você gostar, vai comprar o carro usado com mais facilidade. Se não, vai evitar problemas e dores de cabeça no futuro.

Não abra mão do conforto

Um critério indispensável para um veículo que nós vamos dirigir constantemente é o conforto. Esqueça a empolgação inicial e mire nos incômodos e nos detalhes desagradáveis.

Verifique deficiências na regulagem dos bancos, no volante, no cinto, na caixa de marchas e na direção. Veja se a condução é precisa e macia, bem como se a suspensão ainda cumpre efetivamente o seu papel.

Verifique a resposta do acelerador

Um problema comum nos carros usados que possuem muita rodagem é ter falhas de aceleração e perda de potência. Se o automóvel acelera com dificuldade, comparado a outros veículos que você conhece, é bem possível que ele tenha problemas no motor.

Avalie a condição dos freios

Ao contrário do que muitos pensam, o sistema mais importante de qualquer carro é o de freios. São eles que garantem que você ande com segurança e que permitem que o seu veículo fique a salvo, mesmo em situações difíceis.

Se o freio dá trancos, não fornece resposta imediata ou precisa de muita força, fuja! A frenagem deve ter maciez, sem movimentos bruscos que comprometam a sua segurança.

Fique atento aos barulhos

Carro barulhento é sempre sinal de problema! Ruídos no motor, falhas no isolamento de barulhos externos, pneus com sons incomuns: tudo isso deve deixar o seu alerta ligado. Lembre-se de não ligar o rádio quando estiver fazendo o teste e evite ficar conversando à toa, pois isso pode distraí-lo.

Se o automóvel já não é silencioso agora, com o desgaste das peças isso tende a piorar e muito. Esses são alguns dos pontos cruciais que você precisa observar antes de comprar um carro usado.

Concorda que o test-drive é a melhor forma de garantir que você não está fazendo um mal negócio, nem comprando algo que não merece o seu investimento? Não abra mão dele: isso evita uma compra que se torna um arrependimento depois!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *