Comprar carro importado usado é bom negócio?

Comprar carro importado usado é bom negócio?

Normalmente, os automóveis importados oferecem aos usuários um conforto muito maior em comparação aos carros nacionais. Um maior desempenho, muitas vezes um acréscimo em design e ainda, status por serem veículos mais caros.

O custo de aquisição pode chegar a ser bastante semelhante ao valor pago por um carro novo produzido no país, o que transforma essa compra em um negócio ainda mais atraente. Só que, como acontece com qualquer negociação com veículos, é preciso que você tome cautela sobre alguns aspectos.

Quer descobrir se comprar um seminovo importado pode ser mesmo um ótimo negócio? Leia mais sobre o assunto a seguir!

Pesquise bastante pelos preços de mercado

Normalmente, um carro importado que já tenha rodado por seis ou por sete anos apresenta uma desvalorização em ritmo menos acelerado do que os veículos nacionais. Portanto, não seja impulsivo e não se atire à primeira oferta que você achar tentadora em anúncios on-line ou em classificados. Confronte os preços de várias ofertas, até chegar ao valor ideal que cabe, de verdade, no seu bolso.

Veja se o carro apresenta histórico de acidentes

Uma das medidas mais importantes que se deve tomar é ter a prudência de verificar se o carro tem um histórico de batidas, de capotagens e de avarias diversas. Talvez o veículo possa estar com uma ótima aparência no momento, mas esteja maquiando as legítimas razões que levaram o seu proprietário a querer vendê-lo. É fundamental que você conte com a avaliação da máquina, feita por um mecânico profissional em quem confie e que faça uma análise no histórico dos registros do automóvel.

Avalie o custo de manutenção

Muitos carros importados têm check-up bem mais oneroso do que carros populares do Brasil, além das suas peças não estarem disponíveis no mercado de maneira tão fácil. Inclusive, a substituição delas pode demorar a ser feita, sobretudo se o componente tiver que ser trazido de fora. Dependendo da peça, estima-se que o custo varie de duas a dez vezes mais do que deveria ser cobrado em uma similar para um veículo nacional.

Verifique os custos de seguro

Outro ponto importante antes de se decidir pela compra do carro é ver como ele é abordado pelas empresas seguradoras. Como os gastos de reparo de alguns modelos e de algumas marcas são mais altos, algumas seguradoras não aceitam trabalhar com veículos importados mais antigos.

Atualmente, ter um bom carro importando na garagem não se trata de uma missão impossível, já que existe uma boa quantidade de opções sendo comercializadas por preços muito próximos dos carros populares zero quilômetros ou daqueles modelos de média entrada. Porém, deve-se ter bastante atenção ao estado do veículo e ao seu custo real de manutenção, a fim de saber se ele atende, de verdade, aos seus planos financeiros.

Por isso, é importante também fazer uma verificação da boa procedência do veículo. Nesse caso, a CarCheck poderá ajudá-lo com a mais confiável consulta veicular do mercado.

Tem vontade de possuir um seminovo importado na sua garagem? Deixe o seu comentário!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *