6 itens que desvalorizam seu carro

6 itens que desvalorizam seu carro

Quando se compra um carro, já é sabido que seu valor ficará menor progressivamente. A desvalorização do automóvel acontece a partir de sua saída da concessionária sem o controle do proprietário. Porém, existem alguns itens que desvalorizam seu veículo.

Quais são eles? Descubra e os mantenha longe do seu carro para repassá-lo com o melhor valor possível!

1- Cor

Na hora de escolher a cor do carro na concessionária, é melhor deixar as preferências de lado se você não quiser desvalorizar ainda mais seu veículo. A maioria dos compradores opta por veículos nos tons tradicionais, como preto, prata, vermelho e branco. Outras cores como amarelo, verde, laranja e azul podem reduzir o valor do automóvel pela baixa procura que têm.

2- Blindagem

Apesar de a blindagem ser um ótimo item de segurança, os carros que passam por esse processo tendem a se desvalorizar mais rápido. Isso acontece por que os blindados se deterioram, pois o peso da blindagem pode exigir mais do motor, danificando-o em longo prazo. Os vidros também sofrem depreciação, já que podem passar por um processo de laminação, ou seja, bolhas que se formam na separação das camadas de proteção.

3- Conservação

Os carros mais conservados tendem a se desvalorizar menos. Por isso, é importante cuidar do estofado, dos carpetes e da pintura, prestando atenção nos produtos utilizados em suas lavagens e evitando o uso de soluções muito fortes quimicamente. Outros itens do veículo também devem ser cuidados e passar pela manutenção correta, como os vidros elétricos, o ar-condicionado e as luzes.

4- Marca

As marcas mais consolidadas no Brasil, como Volkswagen, GM, Ford e Fiat acabam tendo seus modelos menos desvalorizados, por estarem há muitos anos no Brasil e oferecerem uma certa confiança quando comparadas àquelas que estão há menos tempo em solo brasileiro. Como Renault e Citröen, por exemplo. Especialistas apontam que a desvalorização das marcas menos conhecidas chega a ser de 15% a 20% maior do que as marcas já conhecidas há tempos.

5- Popularidade

Os carros mais populares, vendidos a preços competitivos, são os que têm mais rotatividade no mercado, gerando mais procura e, portanto, menor desvalorização. Os veículos mais caros podem perder o valor mais rápido pelo fato de o mercado para esse tipo de veículo ser mais restrito.

6- Itens adicionais

Os carros completos, com ar, direção hidráulica, câmbio automático, vidro elétrico, trava elétrica e alarme tendem a desvalorizar menos do que os veículos que não têm algum deles. Isso acontece pois os itens que trazem mais conforto têm sido muito procurados por quem pretende trocar ou comprar um veículo.

Observar os itens que desvalorizam seu carro e cuidar daqueles que são passíveis de manutenção pode garantir uma bela economia na hora de revender seu veículo. São esses pequenos detalhes que podem fazer com que o veículo tenha uma aparência conservada e seja o escolhido pelo próximo comprador.

Vai realizar a manutenção do seu veículo antes de vendê-lo? Clique aqui para saber se as peças originais são a melhor escolha e até o próximo post!

 

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *