6 dicas para aumentar a vida útil dos pneus

6 dicas para aumentar a vida útil dos pneus

A importância dos pneus é inquestionável. Um automóvel pode transitar normalmente com um para-choque quebrado, uma calota perdida, uma porta amassada ou mesmo sem o assento do passageiro.

Porém, sem pneus de qualidade, é praticamente impossível. Não é a estética do veículo que está sendo contada, mas a segurança do motorista e dos passageiros, por isso a necessidade em aumentar a vida útil dos pneus. No entanto, não é sempre que o proprietário do veículo está disposto a investir de R$ 800 a R$ 1.200 para trocar os pneus.

Deseja aumentar a vida útil dos pneus do seu carro? Leia o nosso artigo e demore mais para trocá-los!

Características

Antes de apresentar as dicas para aumentar a vida útil dos pneus, é necessário fazer uma rápida retrospectiva das características dos pneus. Há alguns anos, predominavam-se no mercado, junto aos pneus, as câmaras de ar.

Basicamente, elas eram as responsáveis por reservar o ar para manter o veículo em movimento e os pneus funcionavam como o “escudo”, a “camada” protetora da câmara. Com o passar dos tempos — ponto para a ciência — viu-se a falta de necessidade das câmaras no processo, primeiramente pela fragilidade (não eram raras às vezes em que o pneu estava intacto, mas o motorista tinha que correr para a borracharia para remendar a câmara), depois pela qualidade na retenção do ar pelo próprio pneu, este devidamente selado na roda.

Essa realidade reforça a importância de aumentar a vida útil dos pneus, pois, por menor que seja a avaria, ao ser prejudicado, é calota no chão, ou seja, não haverá uma câmara que continue mantendo o ar até que o veículo chegue a uma borracharia ou oficina mecânica. Agora sim, seguem as dicas:

Temperatura

A temperatura dos pneus tem relação direta com um possível ressecamento que pode acontecer. Sempre que possível, deixe o veículo à sombra, sem contato direto com o sol e a chuva. Com o tempo, essa constante pode prejudicar a superfície do pneu.

Atenção na pista

O motorista deve ter muita atenção por onde está percorrendo. Seja um buraco, objetos na pista ou até o acostamento, o importante é sempre ter cuidado ao percorrer as vias.

Um buraco pode não apenas furar/ rasgar um pneu como amassar uma roda. Em relação ao acostamento, por necessidade ou por “esperteza”, o uso do acostamento é frequente, mas saiba que toda a sujeira da pista fica alocada nessa área, de parafuso a caco de vidro. Se quiser o pneu inteiro, não percorra por aí.

Alinhamento e alternância

O alinhamento do veículo evita que determinada área do pneu seja gasta por excesso, o que prejudica também a direção do automóvel. Outra dica simples é a alternância dos pneus dianteiros com os traseiros. É interessante que a cada 10 mil quilômetros rodados, os pneus passem por rodízios.

Calibragem

Esta é a mais simples, porém uma das mais eficientes das dicas. A calibragem dos pneus preserva não apenas a vida útil deles, mas o consumo de combustível.

Quanto mais baixo o pneus, mais energia (combustível) o veículo será obrigado a reverter para fazer determinado percurso. Ter um veículo exige que se redobre as atenções para determinados pontos, para que ele não o deixe na mão e aumentar a vida útil dos pneus é um deles.

Como pode verificar, a maioria das dicas apresentadas é simples e barata. Elas farão grande diferença para aumentar a vida útil dos.

Tem alguma dica para compartilhar? Comente abaixo o artigo!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *