Viagem de carro: ar-condicionado ou janela aberta?

Viagem de carro: ar-condicionado ou janela aberta?

Uma viagem de carro não é privilégio de quem está de férias. Muitas pessoas precisam pegar a estrada diariamente para trabalhar — seja para longos trajetos ou para curtas distâncias. E, em um país como o nosso, com temperaturas altas em boa parte do tempo, é preciso optar por ar-condicionado ou janela aberta para manter o conforto durante as viagens.

Mas, com os preços dos combustíveis cada vez mais altos, haja criatividade e pesquisa para encontrar as melhores formas de fazer com que essas viagens não se tornem um tormento na hora de fechar as contas no fim do mês.

Entre as perguntas que os motoristas costumam fazer sobre economia de combustível, está a velha dúvida se vale mais a pena ar-condicionado ou janelas abertas.

Sabemos que na estrada o vento muito forte pode atrapalhar o motorista. Por outro lado, dizem que o ar-condicionado consome demais.

Então, qual a melhor opção para quem quer economizar? Separamos algumas informações e vamos acabar de vez com suas dúvidas sobre esse assunto. Acompanhe!

Como o motor age se eu preferir as janelas abertas?

Dirigindo mais rapidamente, certamente o carro vai refrescar se você abaixar os vidros e deixar o vento entrar. Ou seja, em movimento, dificilmente você vai sentir calor na estrada com as janelas abertas. Normalmente o que incomoda o motorista é o barulho.

A questão é que, com a velocidade alta nas rodovias, mais ar entra no veículo. Mas isso cria uma resistência que não existiria com as janelas fechadas, reduzindo a velocidade. O resultado é que o motor é forçado a trabalhar mais para manter o ritmo.

O que acontece se eu andar com o ar ligado?

Não é mito que o ar-condicionado ligado exija do motor um consumo maior de combustível. A média, nesse caso, é de 10% a 20% a mais de gasto. Mesmo assim, segundo a Sociedade de Engenharia da Mobilidade (SAE), manter os vidros fechados pode ajudar a economizar.

Justamente pela questão que mencionamos sobre o atrito provocado pelo ar quando as janelas estão abertas. Isso pode variar, ainda, de acordo com o funcionamento do compressor do ar-condicionado — se ele é mais ou menos acionado para manter a temperatura ideal no carro.

Então, qual a melhor solução: ar-condicionado ou janela aberta?

Diante das explicações que demos, você já deve saber a resposta: depende! Se você estiver na cidade, andando até 60 km/h, vale a pena abrir os vidros e deixar o vento entrar.

Dessa forma, a resistência criada pelo ar não é suficiente para fazer com que o motor tenha que trabalhar mais, a ponto de aumentar o consumo de combustível.

Mas fique atento à essa dica: se o calor na cidade estiver insuportável e deixar as janelas abertas se tornar inviável, opte por ligar o ar-condicionado em baixa potência.

Já para pegar a estrada, ligue o ar-condicionado à vontade. O atrito com os vidros fechados é reduzido e a aerodinâmica do carro é mantida. Além de garantir silêncio e ar fresco, você com certeza vai economizar combustível.

Falando nisso, você sabe qual a diferença entre gasolina comum e aditivada e qual é a melhor para manter seu veículo em dia? Se você gostou deste artigo sobre as diferenças entre viajar com ar-condicionado ou janela aberta, continue conosco e leia, neste post, tudo o que você precisa saber sobre esses tipos de combustíveis.

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *