Conheça os principais tipos de rastreador veicular disponíveis no mercado

Conheça os principais tipos de rastreador veicular disponíveis no mercado

Uma forma de aumentar a proteção do seu carro, moto ou caminhão é instalando um rastreador veicular. Além de facilitar a localização do veículo em caso de roubo ou furto, ele auxilia também a encontrar vítimas nos crimes de sequestro. Porém, sempre surge a dúvida sobre qual o melhor tipo de equipamento.

Para você não ter mais dúvidas, conheça agora as opções disponíveis e saiba como escolher o melhor.

Rastreador por GPS — via satélite

O rastreador veicular que utiliza essa tecnologia funciona por meio da comunicação entre o equipamento instalado no veículo e os diversos satélites que estão na órbita da Terra. A vantagem desse sistema é a possibilidade de localizar veículos nas áreas mais remotas, onde não há torres de rádio ou celular.

Como desvantagem, pode-se apontar o custo maior e o local de instalação, que costuma ser na parte superior do veículo, para melhorar o sinal.

Rastreador por radiofrequência — RF

Esse sistema de rastreador veicular funciona por meio de ondas eletromagnéticas. A comunicação tem boa precisão, os equipamentos não são tão caros e é possível localizar o veículo mesmo em locais fechados.

Porém, tem como desvantagem o fato de depender de torres de rádio para poder funcionar, limitando sua cobertura.

Rastreador por chip GSM

Uma terceira opção é o sistema que trabalha por meio de um chip de celular GSM. É como se tivesse um aparelho celular instalado no seu veículo. A localização é feita por meio dos sinais das torres de celular. As vantagens são o baixo custo do aparelho e a instalação discreta. A cobertura depende da operadora de celular escolhida, mas costuma ser boa nas cidades e principais rodovias.

As desvantagens são a manutenção do número de celular. Mesmo que seja pré-pago, você precisará inserir créditos ocasionalmente, além da falta de cobertura em locais remotos.

Porque ter um rastreador veicular

Esse equipamento possui as seguintes vantagens que devem ser consideradas:

  • reduz o valor do seguro do veículo;
  • aumenta as chances de recuperação do veículo, quando roubado ou furtado;
  • aumenta a segurança pessoal por facilitar a localização em caso de sequestro;
  • para as empresas, facilita a gestão de frotas;
  • atualmente, está bem acessível.

Como escolher o melhor para você

Para não errar na hora da escolha do rastreador veicular e acabar instalando um equipamento que não atende às suas necessidades, siga as próximas dicas.

Verifique a área de cobertura

Esse é o principal fator a ser considerado. Caso você utilize o veículo para viajar por locais sem cobertura de celular ou sinais de rádio, o correto é optar por um sistema de GPS. Se ficar mais em cidades e grandes rodovias, verifique quais as operadoras de celular que operam na região ou se ela possui antenas de radiofrequência.

Analise a necessidade de monitoramento

Caso deseje ir além do rastreamento por meio de um monitoramento 24 horas do veículo, além de comprar o rastreador, será necessário contratar uma empresa especializada. Algumas cedem o equipamento em comodato. Apesar do custo, a segurança aumenta, pois será possível realizar o bloqueio pela central da empresa. Além disso, é possível montar rotas mais eficientes, no caso de empresas de logística.

Verifique os custos

Para não pagar um preço alto, faça uma pesquisa de preços de equipamentos. Fique atento, pois alguns sistemas são mais baratos, mas exigem pagamento de mensalidades para funcionar.

Confira o certificado de garantia do veículo

Se o seu veículo ainda estiver na garantia, é importante dar uma conferida no certificado para saber se a instalação do rastreador veicular poderá ocasionar a perda desse direito. Algumas montadoras também indicam as marcas de rastreador que podem ser instaladas sem ter problemas futuros.

Um detalhe que você deve ter percebido: o rastreador veicular não substitui o seguro automotivo, mas o complementa. Uma apólice de seguro ainda é a melhor maneira para proteger o seu veículo de colisões, inundações e incêndios. Já o rastreador possibilita a redução do custo do seguro por aumentar a segurança em casos de roubos, furtos e sequestros.

Agora, que você já sabe tudo sobre rastreador veicular, conheça 6 mitos sobre comprar um carro usado nos quais você não pode mais acreditar!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *