Nova campanha institucional: “Espante o fantasma do mau negócio”

Nova campanha institucional: “Espante o fantasma do mau negócio”

O Carcheck começa o mês de março com novidades: ontem, lançamos a nova campanha institucional “Espante o fantasma do mau negócio” e a primeira postagem apresenta o seu protagonista: o tão temido fantasma.

Trata-se de uma “assombração” que aparece quando você toma uma decisão errada na hora de fechar um negócio e torna a realização de um sonho – como comprar um carro ou moto – um verdadeiro pesadelo. Depois disso, quando você menos esperar, o fantasma pode passar a te perseguir em vários momentos do seu dia.

Para resumir e mostrar muito bem o mote da campanha, produzimos um VT, também postado na nossa página do Facebook, com direito a jingle e efeitos de computação gráfica, que mostra os contratempos que você pode ter ao comprar um carro com procedência duvidosa. Além do VT, também fizemos um hotsite com domínio exclusivo da campanha.

Nos próximos meses, as postagens e peças mostrarão diversas situações com o fantasma, responderão perguntas frequentes e também explicarão de forma lúdica e clara as vantagens de se fazer uma consulta Carcheck e espantar o fantasma do mau negócio antes de comprar veículos usados.

E, por falar em consulta, lembramos que é simples e rápido: você precisa apenas do número da placa ou chassi do veículo para ter acesso a um relatório detalhado com informações de documentação e impostos, situação junto a órgãos federais e estaduais, históricos de proprietários, origem do carro e vários outros itens. Por isso, antes de comprar carros ou motos usados, espante de vez o fantasma do mau negócio: faça uma consulta Carcheck.

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *