Macacos para carros: modelos existentes e como usá-los

Macacos para carros: modelos existentes e como usá-los

Os macacos são uma ferramenta especial para manutenção dos carros. Recomenda-se que todo motorista sempre ande preparado com um macaco, para o caso de ser necessária a troca de pneus.

Por isso, seja precavido e fique municiado com um bom macaco quando for andar com o seu veículo — deixe-o já guardado no porta-malas!

Veja a seguir alguns modelos de macacos para carros e a forma de usá-los!

Macacos mecânicos

São os macacos para carros de uso mais simples e os mais conhecidos. O local para uso dos macacos mecânicos deve ser plano e com boa fixação para que não aconteçam derrapagens ou acidentes.

Confira os principais modelos de macacos mecânicos:

Macaco joelho

O macaco joelho é um modelo de macaco mecânico muito popular, que ajuda o motorista a erguer somente um lado do veículo. Apoia-se o carro na canaleta e o macaco o levanta no sentido oposto. Ao levantar, o ideal é colocar a ferramenta com a base mais para dentro, compensando o deslocamento do carro enquanto ele é erguido.

Confira ainda se o macaco está reto, para evitar que o carro caia e sofra algum dano ou provoque acidentes.

Macaco sanfona tijolinho

Modelo de macaco mecânico com um sistema de alavanca giratória e uma base mais plana. Ele empurra o carro para cima, levantando lateralmente, no sentido vertical.

Também é muito usado e, além dessas diferenças em relação ao macaco joelho, é muito mais pesado também.

Macacos hidráulicos

O funcionamento do macaco hidráulico se dá a partir do que diz a Lei de Pascal: “a pressão executada em um ponto de um fluido em repouso é transmitida de forma integral a todos os pontos daquele fluido”. Conforme esse princípio, caso seja realizada pressão em um ponto específico de um sistema, todos os demais pontos do fluido suportam a mesma pressão.

O macaco hidráulico é constituído por dois tubos cilíndricos, repletos de óleo, que se comunicam entre si e têm pistões em seu interior, movimentando-se por meio da força. Dessa forma, erguem objetos pesados exigindo menos esforço do usuário do que os macacos mecânicos.

Veja os principais modelos de macacos hidráulicos:

Macaco jacaré

Esse modelo de macaco é hidráulico, exigindo menos força do usuário. O macaco jacaré ergue o carro lateralmente, alavancando-o conforme as necessidades.

Quanto ao aspecto, ele possui rodas e acompanha o deslocamento do veículo se ele se inclinar.

Macaco garrafa

Também é um modelo de macaco hidráulico, automático, um pistão compacto em forma de garrafa, fácil de ser transportado e guardado. Seu funcionamento se dá por meio de uma alavanca que é acionada com movimentos semelhantes aos de remo.

Ele pode levantar objetos bastante pesados além do próprio carro.

A utilização correta do macaco garrafa exige que ele seja colocado no nível do solo para garantir mais estabilidade. O posicionamento certo para o pistão no automóvel é importante a fim de evitar que não aconteçam danos aos componentes do carro.

Macacos elétricos

Os macacos elétricos são os mais modernos e podem ser conectados diretamente à bateria ou podem ser plugados no acendedor de cigarros. O desempenho dele supera o dos macacos mecânicos e hidráulicos, podendo elevar uma roda do solo com rapidez e sem a necessidade de o motorista usar a força.

Seu sistema de funcionamento é automático e existem modelos que funcionam com controle remoto. Outros modelos permitem também o uso manual, quando a fonte de energia do automóvel está inacessível.

E você, qual dos macacos para carro costuma utilizar? Aproveite e assine a nossa newsletter para receber mais informações sobre carros!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *