Histórico do veículo: 5 motivos para conhecer antes de comprá-lo

Histórico do veículo: 5 motivos para conhecer antes de comprá-lo

Fechar um ótimo negócio na compra de um carro depende de certos cuidados. Um dos mais importantes é saber o histórico do veículo usado. Obter essa ficha completa vai evitar prejuízo.

Ao comprar um carro, o que todo comprador espera é poder colocar a chave na ignição, dar partida e sair rodando. Ninguém faz um negócio para depois gastar tempo e dinheiro resolvendo problemas, o que significa um tremendo prejuízo.

Identificar o histórico do automóvel permite prever uma série de situações que vão ajudar a descobrir se aquela compra vai ser recompensadora ou não. Nem sempre todos os problemas ocorridos no passado vão ser esclarecidos na hora da compra, o que faz com que seja preciso recorrer a outras medidas para saber o correto histórico do veículo usado.

A pesquisa vai necessitar que o potencial comprador tenha em mãos o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores). Esse código é o registro de nascimento do carro. Ele aparece impresso no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo).

Esse tipo de serviço é oferecido por empresas especializadas e pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) na forma on-line.

Conheça cinco dicas para não errar na realização do seu sonho:

  1. Alerta sobre leilão

Um dos itens que podem ser identificados na pesquisa é se o carro já foi a leilão, por exemplo. Em geral, esses veículos ficaram parados por longo período em exposição ao sol, chuva e ação de algum tipo de vandalismo.

Fatos que levam o automóvel a leilão podem ser apreensão por irregularidade nos documentos, envolvimento em acidentes, recuperação de roubo ou de furto, alto volume de dívidas por multas, o que faz o antigo proprietário desistir de recuperá-lo, utilização para crimes, como o tráfico de drogas.

Por conta dessas condições extremas, todo carro que vem de leilão tem o seu valor de mercado reduzido drasticamente. Até porque a sua compra por esse meio, muitas vezes, foi feita também por preço abaixo da tabela.

  1. Registro de acidente

Existem situações em que o carro fica envolvido em algum sinistro (acidentes, por exemplo). Depois de seguir para o pátio de uma seguradora ou mesmo de um Detran, danificado, ele passa por manutenção. O grande problema é que há situações em que o veículo teve avarias bem graves, e nem sempre o conserto consegue deixá-lo perfeito.

Danos nas colunas, para citar uma condição, dificilmente permitem que o veículo volte ao normal. O resultado é que nunca mais ele conseguirá ser alinhado perfeitamente. O resultado é o desgaste de pneus e peças da suspensão com mais intensidade que o normal.

  1. Situação do motor

O motor de um carro só pode ser completamente substituído mediante uma série de procedimentos para atender à legislação. Isso é feito para evitar o comércio ilegal de peças, que alimenta o furto e o roubo de veículos.

Há um registro que identifica se esse motor é o original ou foi substituído. Conferir essa informação é essencial para o futuro comprador. Uma irregularidade nessa parte impossibilita a regularização dos documentos e gera muitos gastos ou mesmo a inviabilidade de ter o registro legalizado.

  1. Condição do chassi

Veículos que são utilizados em atividades criminosas, como tráfico de drogas ou prática de roubo, entre outros casos, podem ter o número do chassi adulterado. Essa medida atrapalha a investigação policial.

Se você comprar um veículo nessa condição, dificilmente vai conseguir regularizá-lo. Ainda pode ter que provar que não teve envolvimento na ilegalidade.

  1. Preço de mercado

Os valores podem variar um pouco por conta da condição do carro, região onde ele circulou e onde está sendo vendido. Para ter uma noção ideal do preço de mercado, a pesquisa do histórico d0 veículo usado pode fornecer esses detalhes.

Ainda dá para saber qual é a desvalorização média do modelo, algo muito importante na hora de pensar na revenda.

Se você descobriu o histórico d0 veículo usado, vai poder eliminar uma série de problemas e ter mais certeza se aquele negócio é bom ou não. A pesquisa com empresa especializada permite eliminar 29 dúvidas cruciais para a sua compra.

Não compre na dúvida, entre em contato conosco.

 

Autor

O Carcheck proporciona uma negociação mais segura na compra do veículo usado. Antes de fechar negócio, é possível analisar indicadores de segurança, informações de seguradoras, além das condições atuais e rodagem junto aos órgãos competentes. Com a consulta, você também se previne de problemas como débitos em financiamentos, além de eventuais irregularidades que possam existir no veículo consultado.