Comprar um carro: 3 perguntas que você deve se fazer antes

Comprar um carro: 3 perguntas que você deve se fazer antes

Comprar um carro é uma decisão muito importante para a maioria das pessoas. Embora o dinheiro investido possa ser parcelado e não pese tanto por mês, ainda assim corresponderá a uma obrigação de longa duração, que demanda uma quantia considerável do motorista e da sua família, a qual poderia ser investida em outras coisas.

A escolha precisa ser certeira, de maneira que se consiga a maior funcionalidade e adequação às demandas apresentadas. É muito normal que, nessa situação, sinta-se um pouco de insegurança e muitas dúvidas. Mas é possível facilitar essa compra fazendo a análise de 3 simples perguntas.

Está em dúvida sobre comprar um carro? Então, veja no nosso artigo as questões que poderão ajudá-lo a tomar uma boa decisão!

Qual será o uso do carro?

Um veículo pode ter diversas destinações de uso no dia a dia. Aliás, talvez ele nem seja usado cotidianamente e seja reservado para passeios com família em feriados e fins de semana.

Muitos requisitos de conforto poderão ser resolvidos nessa etapa, até mesmo a existência de certos acessórios, como o ar-condicionado e airbags extras. Se o carro for para levar as crianças à escola e ir ao trabalho, os aspectos conforto e espaço interno serão um diferencial.

Se o veículo for empregado em viagens longas de lazer, o volume do porta-malas deverá ser levado em conta. Um carro com tração nas 4 rodas, motor forte e alta resistência será o ideal para trafegar em vias de terra batida, rallys e passeios de aventura. Na verdade, muitas coisas podem ser cuidadas nessa fase de pesquisa inicial. Os componentes especiais da suspensão, a existência ou não de direção hidráulica ou câmbio automático, a potência do motor e o conforto da cabine, por exemplo.

Qual é a verba disponível?

Independentemente do uso do veículo, você precisa separar uma verba com a qual pode contar para a aquisição desse bem. Lembre-se que você ficará por alguns anos pagando as parcelas do carro! Não se esqueça de que elas contam com juros de financiamento. Por isso, você deve ser bastante rígido na hora de quitar cada mensalidade na data certa.

Quais modelos se encaixam nas duas perguntas anteriores?

Quando você entender a necessidade do veículo e quanto você poderá gastar sem comprometer, muitos modelos serão passíveis de compra. Até porque alguns modelos servem para vários usos diferentes ao mesmo tempo, apesar de serem possivelmente, mais caros.

Como a sua pesquisa foi bastante rigorosa, você poderá descartar os veículos que não atendem especificamente às suas demandas e se concentrar naqueles que se encaixam mais no porte financeiro que você pode investir. Então, basta listar as marcas e modelos que lhe atendem bem e cabem na sua verba para iniciar os orçamentos.

Após essas 3 fases de perguntas, é chegado o momento de avaliar se vale a pena comprar um carro novo. Saiba que comprar um carro usado abre um leque de opções disponíveis, possibilitando que você encontre um veículo que atenda a todas as suas necessidades por um preço muito mais em conta! Confira devidamente se o veículo está em boas condições de utilização e se não existem apontamentos negativos em seu registro. Para isso, faça uma consulta completa no Carcheck e garanta uma negociação mais tranquila.

 

Autor

O Carcheck proporciona uma negociação mais segura na compra do veículo usado. Antes de fechar negócio, é possível analisar indicadores de segurança, informações de seguradoras, além das condições atuais e rodagem junto aos órgãos competentes. Com a consulta, você também se previne de problemas como débitos em financiamentos, além de eventuais irregularidades que possam existir no veículo consultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *