3 cuidados essenciais com sistema de arrefecimento do carro

3 cuidados essenciais com sistema de arrefecimento do carro

O sistema de arrefecimento de um automóvel é fundamental para que o veículo trafegue em boas condições e não deixe o motorista na mão, ou melhor, a pé na estrada. Da mesma forma que o corpo humano deve ficar em uma temperatura ideal, em torno dos 36º C, o motor do carro também possui uma temperatura recomendada, por volta dos 90º C, para que esteja em pleno funcionamento. No caso do veículo, deixar de cuidar do sistema de refrigeração pode levar até a perda total do motor.

Que tal evitar que isso ocorra? Confira a seguir, três cuidados que você deve ter!

Conheça o sistema de arrefecimento

A primeira dica pode parecer meio óbvia, mas é aí que está a diferença! Muitos motoristas deixam de consultar o manual do proprietário e, com isso, não sabem as recomendações de uso do veículo, nem os prazos para manutenção e para a revisão periódica.

Consulte o manual, já que ele possui as especificações próprias do seu carro. Além disso, conheça e inspecione regularmente alguns dos componentes do sistema de refrigeração, como: radiador, bomba d’água, mangueiras, ventoinha, sensor de temperatura, válvula termostática e líquido do sistema de arrefecimento.

Para você ter uma ideia de como funciona o sistema de refrigeração, a água e o líquido do sistema de arrefecimento saem do reservatório de expansão e circulam por entre os dutos do bloco do motor para esfriá-lo. Em seguida, retornam para o recipiente de onde vieram, mas antes passam pelo radiador e são esfriados com a ajuda da ventoinha, que é um pequeno ventilador. Se houver folga ou furo em alguma das mangueiras desse percurso, o sistema fica comprometido.

Esteja atento ao nível de água

Sob o capô do seu carro, perto do motor, está o reservatório do líquido de refrigeração. Nesse recipiente, há indicações de máximo e de mínimo, para as quais você deve ter atenção.

Preencha o nível, de preferência com água destilada ou filtrada. O acréscimo de aditivo é recomendado apenas nas revisões periódicas, quando toda a água do sistema de arrefecimento é trocada.

No uso cotidiano, se o nível de água baixar com frequência, é sinal de que há problema em algum componente do sistema. Nesse caso, consulte seu mecânico de confiança para fazer um diagnóstico.

Fique de olho no painel

O seu carro dá sinais de problemas para várias situações. Com o sistema de refrigeração não é diferente.

No painel de instrumentos, junto com as luzes indicadoras do funcionamento de outros sistemas do carro, há o termômetro que mostra as condições do sistema de arrefecimento. O ponteiro nunca deve chegar perto do vermelho, quando a temperatura passa do ideal.

Se isso ocorrer, pare imediatamente o veículo! Caso contrário, há grave risco do motor fundir, o que trará um prejuízo e tanto para você.

Revisão

Como você pode perceber, o sistema de refrigeração é primordial para o seu automóvel. Não deixe passar nenhuma revisão e troque os componentes defeituosos assim que perceber o defeito. Afinal, o custo de substituição de uma das partes do sistema será muito menor do que a retificação de um motor inteiro, por exemplo.

Você cuida do sistema de arrefecimento do seu veículo? De quanto em quanto tempo você observa e preenche o nível de água? Conte para gente nos comentários do blog!

 

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *