Por que a manutenção preventiva é essencial para o seu caminhão

Por que a manutenção preventiva é essencial para o seu caminhão

Desde o início da história da expansão econômica do Brasil, nos anos 50, os caminhões são os responsáveis por boa parte do escoamento da produção nacional. Ela tem como base o transporte rodoviário, conforme o antigo plano de Juscelino Kubitscheck, que perdura até os dias de hoje. Para que o caminhoneiro não fique sem trabalhar e para que a disponibilização de mercadorias e de matérias-primas do nosso país não seja interrompida, a manutenção do caminhão é uma tarefa importantíssima.

Sabia que a manutenção preventiva dá ao motorista a certeza de uma viagem sem sustos e sai muito mais barata do que corrigir defeitos que aparecem no meio do caminho? Acompanhe o nosso post de hoje e saiba mais sobre o assunto!

Antecipe os problemas

Efetuar a manutenção preventiva no tempo correto, além de fazer com que o caminhoneiro desembolse menos do que ele gastaria com um defeito ocorrido no meio do percurso, faz com que o seu ganha-pão fique mais tempo disponível para o trabalho. O pior de tudo é ter que dispor de um valor que não estaria previsto no orçamento, o que normalmente não é barato. Isso compromete seriamente o orçamento mensal do caminhoneiro, o que pode trazer consequências muito desagradáveis, tendo em vista que seus ganhos são por comissão.

Saiba o que revisar

Muitos caminhoneiros confundem a manutenção preventiva com a simples substituição de óleos e filtros. Alguns itens básicos que devem ser continuamente verificados são: os filtros de ar e de combustível, que garantem a potência necessária ao motor, assim como a própria regulagem do mesmo; checagem da bomba d’água, responsável pelo resfriamento do motor; e a verificação da parte elétrica, que manterá faróis, lanternas, setas e limpadores sempre em pleno funcionamento, garantindo a visibilidade, tanto do condutor quanto dos outros veículos que trafegam na estrada.

Os freios

Muitos caminhões possuem a alternativa de que o sistema de freios seja regulado, o que pode fazer com que as lonas tenham uma vida útil bem maior. Além disso, a frenagem se torna muito mais eficiente, reduzindo consideravelmente o risco de acidentes.

O terminal de direção

Trata-se de um dos itens mais importantes na manutenção preventiva. Uma folga nesta peça pode causar desgastes irregulares e prematuros nos pneus, em função do funcionamento incorreto do rolamento. O que também acarreta em um consumo maior de combustível.

O motor

Manter as unidades e as válvulas sempre com a manutenção em dia impacta diretamente no bom funcionamento do motor, na economia de combustível e de óleo lubrificante. Além da diminuição da emissão de gases poluentes pelo escapamento.

Siga as recomendações do manual do proprietário

O manual do proprietário contém recomendações sobre a substituição de partes de acordo com a quilometragem, além de dicas de manutenção que prolongam a vida útil das peças do caminhão. Ademais, cada fabricante possui o seu programa de revisões programadas, o que além de manter o seu veículo na garantia contra defeitos, dá a certeza de que o serviço foi realizado dentro das especificações do fabricante.

Como o caminhão é um veículo que roda altas quilometragens mensalmente e sofre com pesadas cargas e estradas em condições não tão boas, procure sempre realizar a substituição de peças pelas originais do fabricante. Economizar nesse tipo de item pode sair bem mais caro ao longo do tempo, tendo em vista a menor durabilidade das peças paralelas. Basta colocar no papel e verá que não é vantajoso em um médio/longo prazo.

Possui mais alguma dica de manutenção relacionada aos gigantes da estrada? Compartilhe com a gente as suas contribuições e as suas dúvidas nos comentários!

Autor

O Carcheck é uma ferramenta que visa a segurança na negociação de veículos usados, permitindo ao consumidor analisar cuidadosamente vários indicadores de segurança além de toda a trajetória do veiculo desde o seu primeiro registro junto aos órgãos competentes(Detran, Denatran, Dnit, Financeiras e etc) até o dia da aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *